Detran RJ

Allisson Paixão
Editor Chefe

Publicado em: 20 de Jan. de 2014 às 12:29

VEJA QUAIS SÃO OS ESTADOS

É UM ABSURDO: Estados que não usam o sistema CETIP / FENASEG arrecadam mais dinheiro


Do conceituado e combativo Blog O Registrador:

Meus seguidores, Enquanto o DETRAN ES, AC, RS, DF – que mantem sistemas próprios arrecadam muito para seus Estados e sua população e detalhe dos Bancos, Rio de janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais e outros continuam com o famigerado convenio FENASEG – CETIP, detalhe, convenio esse já DEFENESTRADO pela CGU e CONJUR Ministério das Cidades, atenção procuradoria desses Estados ja existem em quase todos denuncias, representações e Ações Populares contra esse absurdos, fiquem atentos, vamos acabar com essa farra…………    

 

Sistema adotado pelo Detran-ES simplifica gestão de contratos 

Passado cerca de um ano e meio do início da implantação do Sistema de Registro de Contratos de Financiamentos de Veículos, o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) e o Departamento de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) receberam um reconhecimento pelo trabalho realizado. A ferramenta foi uma das vencedoras da categoria e-Serviços Públicos, da 12ª edição do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-Gov), iniciativa da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep). A solução foi desenvolvida pelo Prodest para o Detran local cumprir com a determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para assumir o controle de todos os contratos de financiamento de veículos. A ferramenta foi integrada ao sistema de gestão de informação, produtos e serviços do órgão, o DetranNet, sendo hospedado em servidor do estado administrado pelo Instituto. A solução permite digitalizar, simplificar e agilizar as operações necessárias ao gerenciamento dos contratos de financiamento de veículo. “O sistema contribui para manter o cadastro atualizado e aumentar a segurança e a confiabilidade do processo de alienação de veículos junto ao Detran-ES”, observa  o analista de sistemas do Prodest responsável pelo desenvolvimento da ferramenta, Hudson Fernandes Alves. “Como resultado da implantação do sistema, temos uma média de 10 mil contratos registrados por mês e foi observado um acréscimo acima de R$ 2 milhões mensais na receita estadual”, enumera. Além do Detran-ES, o sistema atende os agentes financeiros que realizam operações de financiamento de veículos no estado. Como o sistema é on-line, esses profissionais registram e enviam as informações do contrato, incluindo imagens digitais, e ainda podem acessar, rapidamente, os relatórios com os dados necessários à gestão dos procedimentos. “Essas funcionalidades contribuem para o elevado índice de aprovação por parte dos beneficiários do sistema”, emenda Alves. Ele lembra que, antes do sistema, o controle das operações era feito por convênios firmados entre os cartórios e os agentes financeiros. “Uma vez que todo o processo passou a ser feito de forma on-line, com o contrato sendo enviado ao Detran-ES de forma digitalizada, também registramos uma redução no consumo de papel”, completa. Desenvolvimento da solução O projeto da criação do sistema, implantado no primeiro semestre de 2012, demandou  45 dias, entre o planejamento e o desenvolvimentoO Prodest teve autonomia para conceber a solução com base nos requisitos necessários para o sistema, mapeados junto ao Detran-ES. “Para implantar o projeto de forma mais rápida, optamos por dividi-lo em duas etapas. Na primeira, inserimos as funcionalidades essenciais para a operação do sistema. Na segunda, fizemos a integração com outros serviços e efetuamos as melhorias necessárias para o seu funcionamento”, conta. Alves afirma que estar entre os vencedores do Prêmio e-Gov é uma grande recompensa pelo projeto executado. “É notável que o sistema proporcionou muitas vantagens para o Detran-ES. Por isso, recebemos o prêmio com muito orgulho e satisfação”, observa. O responsável pelo projeto no Prodest destaca que o sucesso só foi possível devido à sinergia entre sua empresa e o Detran-ES. “Os dois órgãos tiveram muita determinação em entregar um serviço de qualidade e também em aprender, pois era algo, até então, inédito no país”, diz. Concluídas as duas primeiras etapas para a implantação do projeto, Detran-ES e Prodest fazem novos planos para o projeto. “Pretendemos iniciar o planejamento de uma terceira fase, que prevê implantar mais funcionalidades e atender necessidades de melhorias identificadas durante a operação do sistema, como o aumento da facilidade de operação e da agilidade no registro dos contratos por parte dos agentes financeiros e na geração de relatórios”, conclui Alves.   Data: 02 de outubro de 2013 Autor: Gabriela Bittencourt

Autor DetransBrasil

Fonte http://oregistrador.blogspot.com.br/

Tópicos |

Notícias Recentes